F. C. Porto

Acionistas da SAD portista aprovam contas por unanimidade

Acionistas da SAD portista aprovam contas por unanimidade

As contas do exercício de 2017/2018 da F. C. Porto SAD, cujo prejuízo ascendeu a 28,4 milhões de euros, foram hoje, quinta-feira, aprovadas por unanimidade, em reunião magna de acionistas, anunciou a entidade liderada por Jorge Nuno Pinto da Costa.

"A Assembleia-Geral da Futebol Clube do Porto - Futebol, SAD, que se realizou esta quinta-feira, no Estádio do Dragão, no Porto, aprovou por unanimidade os relatórios e contas individual e consolidado do exercício de 2017/2018. As contas da F. C. Porto SAD apresentam um resultado líquido consolidado negativo de 28,4 milhões de euros", lê-se num comunicado disponibilizado na página de internet dos dragões.

A reunião magna de acionistas teve início às 15.30 horas e contou com 77,14% do capital social representado, segundo a informação que consta no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) pela SAD azul e branca, onde também se pode ler: "Também por unanimidade, foi aprovada a atribuição de um voto de confiança à administração e fiscalização da sociedade e ratificado o orçamento de exploração para o exercício de 2018/2019, que prevê um resultado líquido positivo de 1,6 milhões de euros".

No encontro de acionistas foram ainda aprovados por unanimidade os outros dois pontos da ordem de trabalhos: a proposta de aplicação de resultados, que transitam para o exercício seguinte, e a declaração sobre a política de remunerações dos órgãos de administração e fiscalização da Sociedade, elaborada pela Comissão de Vencimentos.

As ações da SAD portista encerraram a sessão de hoje, quinta-feira, estáveis nos 0,64 euros, com 200 títulos transacionados.

ver mais vídeos