Itália

Adeptos da Lazio fazem apologia de Mussolini em Milão

Adeptos da Lazio fazem apologia de Mussolini em Milão

Derrapagem fascista, mais uma, de adeptos radicais da Lazio, que decidiram prestar "homenagem a Mussolini", esta quarta-feira, em Milão, antes do jogo desta noite, entre o AC Milan e o clube romano, para a Taça de Itália.

"Honra a Benito Mussolini", lia-se na tarja erguida pelo grupo de ultras IRR, sigla para a claque "Irriducibili", conhecida pelas tendências políticas particularmente extremistas.

A manifestação de apologia fascista dos adeptos da Lazio teve tudo menos espontaneidade. E foi carregada de todo o simbolismo político: o local escolhido, a Piazza Loreto, foi onde o cadáver do Duce foi exposto publicamente; e a data do jogo é a da véspera do 25 de abril, dia da Libertação de Itália, feriado e assim festejado desde o final da II Guerra Mundial.

Por tudo isto, a juntar à rivalidade assanhada entre os dois clubes, as autoridades italianas estão particularmente atentas ao desafio desta noite de quarta-feira, considerado de alto risco. O Estádio de San Siro estará sob apertada vigilância policial.

No jogo da primeira mão das meias-finais da "coppa", realizado em fevereiro, registou-se um empate sem golos. A outra semifinal conclui-se esta quinta-feira, em Bérgamo, entre a Atalanta e a Fiorentina (3-3, no primeiro confronto).