Premium

Agente de Herrera vai reunir com Pinto da Costa

Agente de Herrera vai reunir com Pinto da Costa

"Renovação? Quem trata dessas coisas com o clube é o meu empresário. O melhor era que conseguissem chegar a um acordo. Se quero que cheguem a acordo para eu continuar aqui? Claro que sim".

Foi o próprio Héctor Herrera quem deu o mote, após a vitória sobre o Lokomotiv, duelo no qual foi protagonista com um golo-relâmpago e uma assistência. Segundo apurou o JN, as preces do capitão foram parcialmente ouvidas e, ainda esta semana, o empresário do mexicano, Gabriel Moraes, vai mesmo reunir com Pinto da Costa.

Mais do que uma nova ronda negocial, essa conversa poderá reaproximar as partes que, em reuniões anteriores, entraram em choque e não chegaram a acordo para a renovação do contrato do médio, que é válido até 30 de junho de 2019. Segundo revelou, recentemente, o presidente do F. C. Porto, "Herrera pediu 6 milhões de euros" para prolongar a ligação aos dragões. O presidente referia-se a um valor bruto, mas mesmo assim bastante acima da fasquia que os dragões podem atingir.

Na sequência desta celeuma, Herrera perdeu o lugar no onze do F. C. Porto, mas na passada segunda-feira, Sérgio Conceição pôs fim às especulações que falavam em "castigo" e revelou que relegou o capitão para o banco de suplentes, por ele ter sofrido uma entorse num joelho, em Moscovo. O treinador assegurou ainda que, apesar de estar em final de contrato, Herrera "está de corpo e alma" com a equipa.

Na primeira oportunidade, nesta receção ao Lokomotiv, Herrera voltou, então, ao onze e exibiu-se a um nível elevado e decisivo, retribuindo a confiança do treinador. Sendo certo que a dedicação do futebolista à equipa é plena, falta agora perceber se o agente e o presidente vão encontrar uma solução que permita que a renovação avance.

Certo, para já, é que o desejo de continuar no Dragão, verbalizado por Herrera, teve eco em Itália e Inglaterra, onde o jogador é alvo, entre outros, da Roma e do Tottenham.

ver mais vídeos