Premium

Alta tensão na arbitragem em semana de título

Alta tensão na arbitragem em semana de título

Árbitro e VAR do Rio Ave-Benfica ficarão de fora das nomeações para a derradeira jornada da Liga. Vão justificar decisões perante o Conselho de Arbitragem da Federação.

Hugo Miguel e Luís Godinho foram, respetivamente, árbitro e videoárbitro do polémico Rio Ave-Benfica e, de acordo com o que apurou o JN, não entrarão nas contas das nomeações para a última jornada da Liga, que arranca depois de amanhã com o Belenenses-Nacional. Os árbitros das associações de futebol de Lisboa e Évora irão para a jarra como consequência pela falha no lance que marcou a vitória das águias em Vila do Conde e que abriu um novo episódio na guerra de comunicados entre F. C. Porto e Benfica.

Em todo o caso, tal como aconteceu em situações idênticas da presente temporada, Hugo Miguel e Luís Godinho ainda terão oportunidade para se pronunciarem, na Cidade do Futebol, relativamente à decisão de validar aquele que foi o segundo golo do Benfica, apontado por João Félix, em posição irregular. Recorde-se que, na origem desse lance, há outra situação polémica, uma alegada falta de Florentino sobre Gabrielzinho, que deixou o Rio Ave a reclamar uma grande penalidade.

Imobusiness