Manchester United

Brighton impõe primeira derrota a Mourinho

Foto Reuters/david Klein

O Manchester United, treinado por José Mourinho, sofreu este domingo a primeira derrota no campeonato inglês, logo à segunda jornada da prova, ao perder por 3-2 no estádio Brighton.

Os anfitriões marcaram dois golos no espaço de outros tantos minutos, aos 25 e 27, pelo avançado Glenn Murray e o defesa irlandês Shane Duffy, mas os 'red devils' pareceram capazes de retificar a entrada em falso quando o avançado belga Romelu Lukaku reduziu para 2-1, aos 34.

O United sofreu um duro revés quando o médio Pascal Gross aumentou a vantagem do Brighton em cima do intervalo, aos 44 minutos, na marcação de uma grande penalidade, e o melhor que conseguiu foi reduzir aos 90+5, também através de um castigo máximo, concretizado pelo médio francês Paul Pogba.

Na época passada, mas na penúltima jornada, Gross tinha sido o autor do golo com que o Brighton bateu por 1-0 em casa o Manchester United, que hoje desperdiçou a oportunidade de se juntar ao grupo de líderes da competição, entre os quais está o rival e campeão Manchester City.

Os citizens golearam por 6-1 na receção ao Huddersfield, muito por força da eficácia do avançado argentino Sergio Agüero, autor de um hat-trick, num jogo em que o internacional português Bernardo Silva foi totalista, mas ficou 'branco'.

A equipa de Manchester demorou 25 minutos para inaugurar o marcador, por intermédio de Agüero, na sequência de um pontapé de baliza teleguiado do guarda-redes brasileiro Ederson, mas rapidamente chegou ao 3-0, com golos do brasileiro Gabriel Jesus, aos 31, e, de novo, o argentino, aos 35.

O Huddersfield reduziu aos 43 minutos, através do médio esloveno Jon Stankovic, e pagou a 'ousadia' na segunda parte, altura em que os anfitriões chegaram à goleada, consumada pelo espanhol David Silva (48), Agüero (75) e um autogolo do defesa holandês Terence Kongolo (84).

O avançado argentino, que se juntou ao brasileiro Richarlison (Everton) no comando dos melhores marcadores, ambos com três golos, concretizou o nono 'hat-trick' na Primeira Liga, marca apenas superada pelo antigo avançado internacional inglês Alan Shearer, autor de 11.

O City juntou-se no topo da classificação ao Watford - que hoje se impôs por 3-1 na deslocação ao recinto do Burnley -, Chelsea, Tottenham e Bournemouth, todos com duas vitórias nos dois jogos inaugurais do campeonato.