Futebol

Jackson Martínez apresentado no Portimonense: "Estou com muita vontade"

Jackson Martínez com a nova camisola perante os adeptos do Portimonense

Foto Foto Redes Sociais Portimonense

Ganhou estatuto em Portugal ao serviço do F. C. Porto, mas devido a problemas físicos está há dois anos sem competir. Agora, poderá "matar o vício" com a camisola do clube algarvio, no principal escalão do futebol português. "Preciso de sentir-me novamente jogador de futebol", desabafou

Ladeado pelo presidente do conselho de administração da Portimonense SAD, Rodiney Sampaio, e pelo treinador, António Folha, o avançado Jackson Martínez foi apresentado no clube algarvio, esta quarta-feira, duas semanas depois de ter sido anunciado como reforço.

"Estou com muita vontade de voltar a jogar, depois de quase dois anos sem oportunidade de competir. Sinto falta do jogo e estou a preparar-me bem, física e mentalmente, para regressar", esclareceu o avançado, de 31 anos, prometendo retribuir a aposta que nele foi feita pelo Portimonense.

Jackson Martínez não quis ouvir falar de golos. Para o avançado há que seguir as leis da natureza. "Seria errado pensar em marcar golos antes de jogar. Não posso pensar assim. Primeiro tenho de jogar e ganhar química com os meus companheiros", rebateu.

"Temos de agradecer a aposta que fez na nossa proposta, no nosso projeto", retribuiu o presidente Rodiney Sampaio. "Ele não está parado, ele tem vindo a trabalhar, e muito, para ganhar a condição que mais deseja. Vamos avaliar como está", acrescentou António Folha.