Futebol

André Horta assinou por cinco anos pelo Benfica

André Horta assinou por cinco anos pelo Benfica

O futebolista André Horta assinou, esta quarta-feira, um contrato válido por cinco anos com o Benfica, clube em que fez a sua formação, antes de rumar ao Vitória de Setúbal.

"Sinceramente, ainda nem acredito. É um sonho que estou a concretizar. É um sonho para todos os jovens jogar no Benfica, um dos maiores clubes do mundo, ainda mais para mim, que sou benfiquista. Joguei oito anos na formação e sempre tive a ambição de voltar", disse André Horta à BTV.

O jovem médio, de 19 anos, esteve sete anos na formação do Benfica e, nas últimas quatro, representou o Vitória de Setúbal, tendo efetuado 32 jogos e marcado dois golos na edição 2015/16 da I Liga portuguesa de futebol.

"Estou aqui para dar tudo por esta camisola, também por todas essas pessoas que sofrem e vivem o Benfica por esse mundo fora", acrescentou.

André Horta recordou também os oito anos em que esteve na formação: "Vivi grandes momentos pelo Benfica. Em quase todos os anos, e nos escalões em que joguei, fui quase sempre campeão distrital ou nacional."

O médio saiu, há quatro anos, para o Vitória de Setúbal, que representou nos juvenis, juniores e na equipa sénior, pela qual se estreou na temporada passada.

"Foi uma experiência muito boa e ajudou-me bastante, também para poder regressar ao Benfica. Regresso mais maduro, mais experiente, apesar de só ter 19 anos. Senti-me muito honrado por ter feito parte dos quadros do Vitória, dei sempre tudo em campo e julgo que sai pela porta grande", frisou.

Na época passada, o jovem conquistou a titularidade no conjunto de Quim Machado, ao qual só deixou palavras "elogiosas", totalizando mais de 2.000 minutos no principal campeonato luso.

"Foi uma boa época. Acho que me faltaram mais três ou quatro golos, porque, para um médio, é importante fazer uma média de oito, nove, 10 golos por temporada, também para ser mais valorizado", explicou.

Na Luz, André Horta vem jogar num clube que fez uma aposta clara na formação desde a chegada, há um ano, de Rui Vitória, que sucedeu a Jorge Jesus.

"Deve-se apostar nos jovens, não só no Benfica, mas em todos os clubes. É preciso valorizar os jovens portugueses. Portugal tem mostrado em todas as competições internacionais que tem jovens de enorme talento", afirmou.

O reforço do Benfica lembrou: "Ainda recentemente fomos campeões europeus de sub-17, vamos disputar a fase final do campeonato da Europa de sub-19, os sub-20 ficaram em terceiro lugar no Torneio de Toulon, os sub-21 não perdem há três ou quatro anos. É preciso valorizar o jogador português."

A época 2015/16 ainda agora terminou, mas André Horta já pensa em começar 2016/17.

"Quero fazer uma boa pré-época e conseguir um lugar no plantel. Sei que, neste momento, o Benfica é um clube que aposta nos jovens e o 'mister' Rui Vitória dá muita confiança. Quero fazer o meu trabalho, da melhor maneira possível, e aprender com os elementos mais experientes", disse.

André Horta conta com os novos companheiros de equipa: "Espero ser bem recebido, e acredito que o serei, pois sinto que a coesão e o espírito de equipa foram determinantes para conquista do título."

ver mais vídeos