Seleção

André Silva dado como inapto

André Silva dado como inapto

Fernando Santos rejeita polémica com o atacante do Sevilha, que não foi convocado para a Liga das Nações. O selecionador justifica a ausência com os relatórios de monitorização clínica do jogador.

André Silva foi chamado à seleção pela última vez em março. Desde então, jogou apenas oito minutos pelo Sevilha e acumulou inúmeras baixas médicas, ao ponto de ser acusado pelo treinador da equipa andaluz, Joaquín Caparrós, de simular lesões.

"Não tenho de fazer comentários sobre o que se diz ou não se diz. Todas as opiniões são discutíveis", afirma Fernando Santos, que fundamenta a ausência de André Silva nos pareceres clínicos sobre o jogador.

"A Unidade de Saúde e Performance da Federação, em quem tenho absoluta confiança, deu o jogador como inapto, perante um quadro clínico que se arrasta há muito tempo. Salvo erro, desde os jogos de março [ndr: Ucrânia e Sérvia, de qualificação para o Euro-2020], o André Silva apenas disputou oito minutos pela sua equipa [ndr: com o Alavés, a 4 de abril]", disse Fernando Santos.

"Monitorizámos a situação do jogador e o relatório final apontou nesse sentido", rematou o selecionador.