Espanha

Benfica consegue o "bronze" na UEFA Futsal Cup

Benfica consegue o "bronze" na UEFA Futsal Cup

O Benfica terminou a UEFA Futsal Cup em terceiro lugar, depois de bater o campeão italiano Pescara, por 2-0 nas grandes penalidades (2-2 no final do tempo regulamentar).

O campeão português saiu assim da "final four" da UEFA Futsal Cup com a medalha de bronze, depois de na sexta-feira ter falhado o acesso à final ao ser eliminado pelo campeão russo, o Ugra Yugorsk (3-2 na marcação de grandes penalidades, após o 4-4 no final do prolongamento).

Nos primeiros sete minutos, o Benfica incomodou a baliza à guarda de Capuozzo em duas ocasiões (cobranças de falta em zona frontal, por intermédio de Alessandro Patias). Já o Pescara teve outras duas boas ocasiões, com Borruto e Grello a testarem os reflexos do guarda-redes Juanjo.

O ala Mauro Canal, um dos mais rematadores da equipa italiana, pôs o Pescara em vantagem, no último minuto da primeira parte. Calderolli levantou a bola e o ala italiano rematou de cabeça - em zona proibida, a um metro da linha de golo do Benfica - sem dar hipóteses a Juanjo.

O guarda-redes espanhol ao serviço da equipa encarnada foi, aliás, o melhor do Benfica em campo na primeira parte, evitando várias jogadas de perigo e realizando uma dezena de defesas.

O Pescara entrou na segunda parte da mesma maneira com que fechou a primeira: a marcar. Aos 21 minutos, Cristian Borruto entrou com a bola dominada pelo meio, ultrapassou a defesa, fintou Juanjo e rematou para o segundo dos campeões italianos.

A perder por dois golos sem resposta, o Benfica reagiu bem, lançando-se ao ataque. Após várias oportunidades claras para o Pescara (entre as quais uma perdida de Adolfo Salas, quando seguia isolado), o Benfica apertou a pressão nos últimos sete minutos da partida.

Bruno Coelho e Ré falharam boas ocasiões de golo aos 33 minutos, mas no minuto seguinte, o ala Ré intercetou uma bola na defesa do Pescara, isolou-se perante Capuozzo e não perdoou.

O Benfica arriscou tudo - com "5 para 4" (um jogador de campo como guarda-redes) - e aos 39 minutos chegou mesmo ao empate, por intermédio de Bruno Coelho. Após o empate no tempo regulamentar, o jogo seguiu para desempate através da marcação de grandes penalidades, na qual o Benfica se impôs ao Pescara por 2-0 (golos de Patias e Bruno Coelho).

O jogo foi disputado no Palácio Multiusos de Guadalajara, em Guadalajara.

Imobusiness