Futebol

Benfica deseja que a permissividade dos árbitros não se torne um padrão nos jogos em que participa

Benfica deseja que a permissividade dos árbitros não se torne um padrão nos jogos em que participa

Na newslleter "News Benfica", as águias salientam o elevado número de faltas cometidas pelo Sporting, no dérbi de Alvalade, que ditou o afastamento dos encarnados da Taça de Portugal de futebol.

Através da "News Benfica", as águias realçam, esta quinta-feira, que no encontro de Alvalade "quase que se assistia a um número recorde de faltas cometidas esta temporada frente ao Benfica: 24 (o Vitória de Guimarães cometeu 25)", fazem notar.

"Esperemos que, daqui para a frente, a permissividade dos árbitros não se torne um padrão nos jogos em que o Benfica participa", referem as águias, reiterando o que afirma o presidente Luís Filipe Vieira pouco depois do final do jogo da Taça de Portugal, disputado na noite de quarta-feira em Alvalade e em que os leões se apuraram para a final da competição.

"O próximo adversário é o Feirense e é apenas nesse jogo de domingo, em Santa Maria da Feira, que por agora interessa pensar. Que seja, como pediu o presidente na sua mensagem, o início de "uma reta final limpa, sem equipas prejudicadas". É o mínimo que se exige", diz, ainda, o Benfica.