Desporto

Benfica empata com Bordéus (3-3) em teste complicado

Benfica empata com Bordéus (3-3) em teste complicado

O Benfica não foi além de um empate no segundo jogo de pré-época, desta feita frente a um adversário bem mais difícil, o Bordéus, por 3-3, soffrendo o último golo já nos descontos. Os golos encarnados foram apontados por Lima (grande penalidade), Lisandro López e Sálvio, que já tinha apontado dois tentos no confronto da véspera.

Jorge Jesus apostou num onze inicial com cinco reforços - Silvio, Mitrovic, Bruno Cortez, Sulejmani e Markovic - e a equipa ressentiu-se um pouco na movimentação, que acabou por não ser tão fluente. O golo inaugural de Lima surge numa grande penalidade a castigar mão de um defensor francês. Apesar da melhor entrada em jogo, o Benfica sentiu grandes dificuldades para suster o lado esquerdo do ataque do Bordéus, revelando algumas fragilidades defensivas. Aliás, ao intervalo, os encarnados já perdiam por 2-1, com os dois tentos a nascerem nesse flanco.

Na segunda metade, Jorge Jesus fez regressar o esquema mais habitual, com as entradas de Djuricic e Gaitan, dando maior largura e movimentação ao ataque, passando a dominar o jogo. Os dois golos que poderiam ter dado o triunfo acabaram por surgir no melhor período dos encarnados, sendo o golo de Lisandro fruto de um canto, ao passo que o da vitória, o de Sálvio, nasce de uma boa jogada de entendimento.

No entanto, já nos descontos, mais um erro defensivo deu o empate ao Bordéus, num resultado que acaba por ser justo.