Desporto

Benfica vence Belenenses

Benfica vence Belenenses

O Benfica qualificou-se este sábado para as meias-finais da Taça da Liga em futebol ao vencer o Belenenses por 1-0, em jogo da última jornada da terceira fase da competição, grupo C, disputado no Estádio da Luz.

O único golo da partida, apontado de cabeça por Katsouranis, apareceu já em cima do intervalo, na melhor jogada da equipa "encarnada" em toda a primeira parte.

Após uma troca de bola no meio campo do Benfica, Yedbda abre para a esquerda, com Di Maria a cruzar de primeira para o interior da área do Belenenses, aparecendo Katsouranis a desviar de cabeça para o segundo poste.

Durante os primeiros 45 minutos o jogo mostrou maior iniciativa atacante aos actuais lideres do primeira liga, embora só aos 15 minutos tenha surgido o primeiro lance de perigo.

Katsouranis apareceu em boa posição para rematar de cabeça já no interior da área, na sequência de um livre apontado na esquerda por Aimar, após falta de Baiano sobre Di Maria, mas no ultimo momento apareceu Mano a impedir a bola de chegar ao internacional grego.

Três minutos depois, aos 18 minutos, ouviram-se pela primeira vez no jogo os primeiros incentivos a equipa, vindos dos poucos sócios (cerca de uma vintena) do Belenenses presentes na luz.

Aos 21 minutos livre de Maykon sobre a direita do ataque do Belém, com Wender a aparecer à entrada da área a desviar de cabeça para trás com Carciano e Rodrigo Arroz a chegarem atrasados para desviar a bola.

 O Benfica continuou a dominar na segunda parte, com o Belenenses a não conseguir incomodar Moretto, embora os "encarnados" só conseguissem criar perigo em lances de bola parada.

Aos 52 minutos, mais uma falta cobrada por Aimar a meio do meio campo defendido pelo Belenenses, com o argentino a colocar a bola à entrada da pequena área dos "azuis" do Restelo, aparecendo Luisão a desviar, mas já muito pressionado pelo guarda-redes Júlio César.

Volvidos oito minutos o árbitro Jacinto Paixão anulou um golo a Aimar, por fora de jogo. Passados três minutos, situação identica mas para o Belenenses, por Marcelo.

Com as entradas, primeiro de Suazo, aos 61 minutos e depois de Reyes, aos 67, o Benfica ganhou mais velocidade nas transições defesa ataque, permitindo ao ataque encarnado criar alguns lances de maior perigo junto à baliza de Júlio César, mas sem construir verdadeiras ocasiões de golo.

Aos 91 minutos, Jacinto Paixão anulou novo golo ao Belenenses, desta vez por alegada falta de Porta sobre Moretto, depois de este deixar escapar uma bola alta no interior da pequena área ao chocar com o jogador "azul".

Relacionadas

ver mais vídeos