Desporto

Benfica venceu Sporting na final da Taça da Liga

Benfica venceu Sporting na final da Taça da Liga

O Benfica, venceu, esta noite, a final da Taça da Liga, ao derrotar o Sporting, 3-2, no desempate por penáltis, após o 1-1 ao fim dos 90 minutos. Um penálti, polémico, deu o empate ao Benfica e levou o jogo para o desempate.

O Sporting repetiu a final da Taça da Liga e voltou a falhar. Na segunda edição, os leões tiveram o mesmo destino da primeira edição: derrota, nos penáltis. Em 2008 com o Vitória de Setúbal, primeiro vencedor da neófita prova; em 2009, com o rival Benfica.

Na primeira vez que chegou à final da prova, que se disputou, este ano, pela seguns vez, o Benfica conquistou o troféu. A perder por 1-0, já na segunda parte, valeu aos encarnados um lance polémico, com Lucílio Baptista a assinalar um penálti duvidoso: a bola parece bater no peito de Pedro Silva, não na mão.

Lucílio Baptista marcou o penálti, que parece não existir, e mostrou o segundo cartão amarelo a Pedro Silva. O defesa do Sporting reagiu mal à expulsão e fez peito para o árbitro, com os jogadores sportinguistas desesperados a tentar fazer ver ao juiz e ao assistente José Cardinal o tamanho do erro cometido. Reyes, indiferente à polémica e aos protestos, igualou a partida (75 m).

Tiago ainda adivinhou o lado, mas não consegui travar o remate de Reyes, que fez o 1-1 com que terminou o jogo. A Taça da Liga decidiu-se, depois, nos penáltis. No desempate, o Sporting marcou dois em cinco penáltis, enquanto o Benfica converteu três grandes penalidades, o suficiente para erguer o caneco.

O Sporting entrou bem na segunda parte da final da Taça da Liga, ao marcar logo aos 47 minutos, na sequência de uma boa jogada entre Vukcevic e Caneira. Liedson não resolveu, mas Pereirinha aproveitou a deixa para adiantar o Sporting no marcador.

A primeira parte foi bem jogada, com oportunidades de parte a parte, prenunciando um segundo tempo de qualidade e já com golos. Fora do relvado, não há registo de problemas.

No segundo tempo, houve espaço para os golos e a polémica.

No Estádio do Algarve, as equipas alinharam, de início:

SPORTING: Tiago; Pedro Silva, Daniel Carriço, Polga e Caneira;  Rochemback, Pereirinha, Vukcevic e João Moutinho; Derlei e Liedson. Treinador: Paulo Bento.

BENFICA: Quim; Maxi Pereira, Luisão, Miguel Vítor e David Luiz;  Katsouranis, Ruben Amorim, Aimar e Reyes; Nuno Gomes e Suazo. Treinador: Quique Flores.

ver mais vídeos