Polémica

Bruno de Carvalho responde a Jesus: "Tinha que encontrar uma editora que escrevesse só uma palavra: eu"

Bruno de Carvalho responde a Jesus: "Tinha que encontrar uma editora que escrevesse só uma palavra: eu"

Continua o bate-boca entre o ex-presidente e o ex-treinador do Sporting. Bruno de Carvalho respondeu, esta segunda-feira, às declarações de Jorge Jesus na chegada a Portugal.

Bruno de Carvalho foi convidado d'"O Programa da Cristina", onde comentou as declarações de Jorge Jesus acerca do livro lançado recentemente pelo ex-presidente do Sporting, "Sem filtro - As histórias dos bastidores da minha presidência", onde o ex-dirigente considerou a contratação de Jesus um "erro muito grande".

À chegada da Arábia Saudita a Portugal, o treinador português, questionado sobre o conteúdo do livro, afirmou que precisava de escrever "20 livros" para falar sobre o tempo passado em Alvalade. "Como não preciso de escrever livros para sobreviver, trabalho no que sei, que é ser técnico", disse ainda.

Convidado do programa de Cristina Ferreira, Bruno de Carvalho foi instado a comentar a reposta de Jesus às considerações encontradas no livro, e não deixou o técnico sem resposta.

"Primeiro, Jorge Jesus tinha de encontrar uma editora que escrevesse um livro só com uma palavra: 'eu'. É o que o Jorge sabe dizer. Depois eram mais 19 livros com a errata, já que ia estar sempre a escrever a palavra 'eu'", começou por dizer.

"Jesus tem todo o protagonismo na minha vida, sou cristão. Não deste Jesus, fiquei completamente descrente", acrescentou.