Futebol

Bruno Lage: "Foi um jogo de doidos"

Bruno Lage: "Foi um jogo de doidos"

No final da vitória frente ao Rio Ave, que deixa o Benfica a apenas um ponto do 37.º título, Bruno Lage considerou que a vitória encarnada foi "justa" e disse não existir ansiedade para o último jogo da época.

"Vencemos perante uma grande equipa, recheada de grandes valores e um grande treinador. Tem feito um percurso fantástico. O Rio Ave está a fazer uma ponta final muito boa. Foi um jogo de doidos, com muitos golos e muito difícil, como tinha dito. Tínhamos de ser muito competentes. Pela forma como jogámos e pela entrega, por aquilo que temos vindo a fazer, fica-nos bem chegar ao último jogo e ter mais uma final", começou por dizer o treinador do Benfica.

Bruno Lage, que completa este domingo 43 anos, considerou ainda o Benfica como "uma família" e garantiu não haver ansiedade para o jogo com o Santa Clara, que pode valer o 37.º título ao clube encarnado.

"Há quatro ou cinco meses nunca imaginaria celebrar o aniversário com esta família. Somos uma família lá dentro. Agora, é poder desfrutar de um dia de folga e depois voltarmos focados em vencer mais uma final e terminar na posição em que estamos. Ansiedade? Tem sido normal, não deve existir, foi isso que falámos antes do jogo. Estes jogadores têm uma vida fantástica. São saudáveis, fazem o que gostam, não há pressão, há sim a oportunidade de fazerem coisas bonitas", concluiu.