Futebol

Bruno Lage: "Grimaldo e Jonas eram os únicos que me preocupavam"

Bruno Lage: "Grimaldo e Jonas eram os únicos que me preocupavam"

No final do encontro com o Dínamo Zagreb, que carimbou a passagem do Benfica aos quartos de final da Liga Europa, Bruno Lage elogiou a exibição da equipa encarnada e considerou a vitória justa.

"Não sofremos... Fizemos uma exibição muito boa. É pena termos ido para os 120 minutos. Tivemos sempre o jogo controlado e criamos várias oportunidades. É um resultado justo e uma passagem com muito mérito", começou por dizer o treinador do Benfica, explicando as mudanças no onze titular que contou com Zivkovic, Jota, Fejsa e Yuri Ribeiro.

"Grimaldo e Jonas eram os únicos que me preocupavam, pois não lhes queria dar os 90 minutos. Sabíamos que não iam fazer os 90 mas sim 70, que é o tempo de treino que vão fazer entre amanhã e sábado. Golos à meia distância? Faltou profundidade e quando jogamos contra equipas que fecham com dois médios, há espaço ao lado desses dois médios. São coisas que vamos observando, tentando e hoje correu bem. Somos os mesmos. Os mesmos que perdemos em Zagreb e os que ganhámos hoje", disse Bruno Lage, garantindo não ter preferência no próximo adversário.

"Jogar contra qualquer tipo de futebol é sempre uma experiência fantástica. Interessa é recuperar bem. Mas digo já: chegar aos 120 minutos e correr como corremos dá-nos um grande sinal. Vamos preparámo-nos para, no domingo, voltar a fazer uma grande exibição", concluiu.

Imobusiness