Desporto

Cerca de cem adeptos receberam equipa do Sporting após derrota com Schalke

Cerca de cem adeptos receberam equipa do Sporting após derrota com Schalke

Cerca de 100 adeptos do Sporting seguiram a solicitação do clube e foram esperar, esta quarta-feira de madrugada, na Praça do Centenário de Alvalade, a comitiva proveniente da Alemanha, onde os "leões" perderam para a Liga dos Campeões em futebol.

Pouco depois da derrota por 4-3 no terreno do Schalke 04, na terceira jornada do Grupo G da "Champions", o Sporting colocou no seu site uma nota a informar que a equipa de futebol estaria pelas 4 horas na Praça do Centenário.

Por não saber em que porta do aeroporto a comitiva "leonina" iria sair, o clube pediu aos adeptos que quisessem receber a equipa para se dirigirem a Alvalade, mais concretamente à Praça do Centenário, onde os jogadores iriam "agradecer o apoio e força dada por todos os sportinguistas".

Um grupo de cerca de 100 adeptos correspondeu ao apelo do clube e marcou presença na Praça do Centenário, onde a equipa chegou pelas 4.30 horas, recebendo uma enorme ovação de quem os esperava na Praça do Centenário.

A derrota por 4-3 motivou muitas críticas por parte do Sporting, que se queixou da arbitragem do russo Sergei Karasev, que nos descontos assinalou uma grande penalidade muito polémica e que permitiu ao Schalke 04 marcar o quarto e decisivo golo.

No jogo de Gelsenkirchen, o Sporting inaugurou o marcador, permitiu a reviravolta aos alemães já reduzidos a dez unidades, após a expulsão de Maurício, aos 33 minutos, mas conseguiu chegar ao empate, com dois golos de Adrien, aos 64 minutos, de penálti, e aos 78.

Já nos derradeiros momentos dos descontos, Sergei Karasev assinalou uma grande penalidade a castigar uma mão na bola, inexistente, do lateral esquerdo Jonathan Silva.

Coube ao camaronês Eric Choupo-Moting converter, com sucesso, polémica grande penalidade, que assegurou o triunfo dos germânicos, deixando o Sporting com apenas um ponto em três jogos já disputados.