Futebol

Chelsea denuncia ato racista no jogo com o Dínamo de Kiev

Chelsea denuncia ato racista no jogo com o Dínamo de Kiev

Em comunicado, o Chelsea disse que existiu "abuso racista a um dos jogadores nos minutos finais do jogo, por parte de uma pequena secção de adeptos da casa".

Em causa estão insultos racistas ao jogador do Chelsea Callum Hudson-Odoi, de 18 anos.

Os londrinos aproveitaram o comunicado para repudiar a situação e informaram que fizeram queixa ao árbitro da partida e ao delegado da UEFA para o jogo.

Na partida em causa, o Chelsea venceu o Dínamo de Kiev, por 0-5, apurando-se para os quartos de final da Liga Europa, onde vai defrontar os checos do Slavia Praga.