Futebol

Clube cipriota retira número 83 em homenagem a Bruno Vale

Clube cipriota retira número 83 em homenagem a Bruno Vale

O guarda-redes português vai deixar o Apollon Limassol no final da temporada, onde esteve nos últimos sete anos.

O número 83 não voltará a ser usado por nenhum jogador do Apollon Limassol. A decisão foi tomada pela Direção do clube, que viu neste gesto a melhor maneira de homenagear Bruno Vale, o guarda-redes português que representou o clube nas últimas sete temporadas.

"Como sinal de apreço por tudo que Bruno Vale ofereceu ao nosso clube, a Direção decidiu que a camisola com o número 83 será retirada da equipa e sempre pertencerá ao gigante português", anunciou o clube, através do site oficial.

Bruno Vale rumou ao Apollon em 2012, transferido da Oliveirense. Ao serviço do clube de Limassol, sempre como titular, o guarda-redes, de 36 anos, conquistou três Taças do Chipre e duas Supertaças.

Formado no F. C. Porto, Bruno Vale também representou Estrela da Amadora, União de Leiria, Varzim, V. Setúbal e Belenenses.