Última Hora

Desportivo das Aves sobe à I Liga

Desportivo das Aves sobe à I Liga

O Desportivo das Aves juntou-se, este domingo, ao Portimonense na subida à I Liga de futebol depois de empatar 2-2 na visita à União da Madeira, na 39.ª jornada do segundo escalão.

Um 'bis' de Cedric Amissi nos primeiros 20 minutos, aos 8 e 20, colocou os madeirenses em vantagem por dois golos. No segundo tempo, Barry reduziu para o Aves, aos 74, e Alexandre Guedes, ao 79, igualou o resultado.

Com 39 jogos, e três por disputar, o Desportivo das Aves soma 72 pontos, menos dois que o Portimonense e mais 13 que o Penafiel, que recebe, às 16 horas, o Santa Clara e ainda mantinha ténues aspirações de subida caso a equipa de Vila das Aves não pontuasse na Madeira.

Trata-se da quarta subida, dez anos depois da última presença entre os grandes. mas a primeira sem o treinador Neca.

Esta noite, a autarquia disponibiliza vários autocarros para que os adeptos possam deslocar-se ao aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, para receber a comitiva avense, que tem chegada prevista às 22 horas.

Na Vila das Aves, o cantor Quim Barreiros estará no palco para animar a chegada da comitiva, que irá desfilar pela cidade num trio elétrico. A festa está montada. Só falta mesmo o ponto para soltar os foguetes.

"Os campeões fazem-se de sofrimento, entrega e ambição. Foram os adjetivos desta equipa ao longo desta época, que, como todos sabem, é um campeonato muito desgastante. Conseguir o feito de subir de divisão a três jornadas do fim é um feito muito importante. Nós, a par do Portimonense, fomos quem mais mereceu esta oportunidade de subida", disse o treinador José Mota no final do encontro.

Depois de dar os parabéns ao Portimonense e ao treinador dos algarvios, Vítor Oliveira, José Mota insistiu que a subida do Desportivo das Aves "foi um feito de grandes dificuldades".

"Esta equipa, mais uma vez provou o caráter que tem nas adversidades. Foi um jogo muito difícil, frente a uma boa equipa. Conseguimos virar um resultado de 2-0, chegando ao empate, e quem sabe, poderíamos ter chegado à vitória", avaliou José Mota.

"É um prémio muito justo para estes jogadores e esta direção, por tudo o que fizeram, para que nada faltasse aos profissionais. A direção está de parabéns, pois foram os principais mentores desta subida", salientou o técnico do Desportivo das Aves.

Depois de agradecer o apoio da massa associativa do clube, José Mota enviou também uma palavra aos seus pupilos.

"Os jogadores estão também de parabéns pela excelente época que fizeram, alguns deles completamente desconhecidos do grande público, que vieram a demonstrar a sua qualidade, jogo após jogo e que merecem este feito", destacou o treinador.

ver mais vídeos