Desporto

Domingos Gomes acha que o doping é um problema social

Domingos Gomes acha que o doping é um problema social

A propagação do doping aos escalões mais jovens e até aos veteranos, é motivo de preocupação, mas não de surpresa para Domingos Gomes, médico pertencente ao Comité Antidoping da UEFA. Domingos Gomes relaciona este alargamento do doping à necessidade de promoção social e desportiva da juventude.

"É uma realidade social que ameaça não parar. Foi feito um estudo em que se perguntava a jovens se optariam pelo uso do doping se este lhes fizesse ganhar uma medalha e a maioria optou pelo doping, o que é significativo". O conhecido clínico advertiu, ainda, para o facto da investigação sobre substâncias dopantes evoluir cada vez mais: "Neste aspecto, o ladrão vai sempre à frente do polícia. Ainda recentemente, nas Olimpíadas da China, foi encontrada uma variante da EPO que só é detectada muito tempo depois, após investigações. E há laboratórios a trabalhar nesta área do doping. Isto diz tudo. O doping está cada vez mais sofisticado". Na base deste incremento do doping está o dinheiro: "Enquanto esta actividade ilícita der muito dinheiro, ela não acabará tão cedo. Ainda bem que a Agência Mundial Antidopagem vem apertando o cerco e a fiscalização, de forma a demover os criminosos que traficam tais substâncias."