Futebol

Eduardo Barroso defende Bruno de Carvalho: "Está a ser linchado"

Eduardo Barroso defende Bruno de Carvalho: "Está a ser linchado"

Eduardo Barroso, médico e ex-presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, em declarações à SIC Notícias, afirmou que Bruno de Carvalho errou ao fazer a publicação na qual critica os jogadores após o embate frente ao Atlético de Madrid, mas considerou que a atitude dos atletas foi incoerente.

"Como presidente, não devia ter feito aquela publicação após o jogo em Madrid, embora o post não seja ofensivo ou ponha em causa o profissionalismo dos jogadores. Fez mal, assim como fizeram mal os jogadores, que tinham combinado reunir com o presidente no domingo, em fazerem aquela reação pública. É incoerente da parte deles", começou por dizer.

Eduardo Barroso contou ainda que mantém uma relação próxima com o líder dos leões e que o mesmo precisa de "descansar".

"Falo todos os dias com ele. Há horas falei com ele no intervalo das operações, para saber se a filha já tinha nascido. Há um ser humano também, não é só o presidente, que está a ser linchado na praça pública. Pode ter cometido erros, até eu que sou apoiante dele o reconheço. Mas ele está num stresse brutal e precisa de descansar", atirou.

O médico aproveitou também para deixar uma mensagem aos jogadores que tentam, já na próxima quinta-feira, dar a volta na eliminatória da Liga Europa.

"Que os jogadores ganhem 3-0 ao At. Madrid, só para chatearem o Bruno e que eliminem o F. C. Porto para chatear ainda mais. O maior desejo do Bruno era que isso acontecesse. Depois, vamos ver como as coisas se resolvem. Claro que têm de haver cedências. Sabemos que às vezes assume demasiado o papel de adepto. Os jogadores têm obrigação de dizer 'meu presidente, sim senhor, o senhor vibra connosco, exagerou' e também cederem um bocadinho".

ver mais vídeos