Espanha

Equipa secundária do Barcelona perde em Vigo, que fica mais perto da salvação

Equipa secundária do Barcelona perde em Vigo, que fica mais perto da salvação

Uma equipa secundária do já campeão Barcelona foi este sábado derrotada por 2-0 na visita ao Celta de Vigo, que, à 36.ª jornada, deu importante passo na fuga à despromoção na Liga espanhola.

Dias depois de, na Liga dos Campeões, vencer o Liverpool, carrasco do F. C. Porto nos quartos de final, o treinador Ernesto Valverde deu descanso às suas estrelas, incluindo Nelson Semedo, sendo derrotado por um adversário que este sábado tinha uma autêntica final.

Aos 67 minutos, Maxi Gomez antecipou-se à defesa e inaugurou o marcador, ao desviar, de primeira, um cruzamento da direita.

Já perto do fim, e com recurso ao videoárbitro, foi marcado um penálti por bola na mão de Umtiti, aproveitado por Iago Aspas para fazer o definitivo 2-0.

O Celta chega assim aos 40 pontos, cinco de margem para o Valladolid, que tem um jogo a menos, e é a primeira equipa da zona de descida a ameaçar as suas pretensões.

O FC Barcelona até manteve os nove pontos de avanço para o Atlético de Madrid, pois os colchoneros tinham perdido horas antes por 3-0 em casa do Espanyol.

Godin, aos 45+1, na própria baliza, e Borja Iglésias, aos 52 e 89, o segundo na conversão de uma grande penalidade, anotaram os tentos da vitória da equipa de Barcelona.

O Alavés, equipa sensação que chegou a discutir a liderança da prova com o Barcelona, perdeu em casa 1-0 com a Real Sociedade, estando já há oito jogos sem vencer - cinco derrotas e três empates -, e cada vez mais distante do sonho Liga Europa.

O central português Ruben Vezo marcou no triunfo do Levante, por 4-1, sobre o Rayo Vallecano de Bebé, que terminou o jogo com 10, por expulsão de Adri Embarba, aos 82.

Campanã (14), Ruben Vezo (43), Jason (85) e Bardhi (90) fizeram os golos do Levante, enquanto Álvaro Garcia (71) fez o tento de honra dos forasteiros.