Desporto

Especialista em cirurgia à coluna chamado ao hospital de Schumacher

Especialista em cirurgia à coluna chamado ao hospital de Schumacher

Michael Schumacher foi hospitalizado, este domingo, com um traumatismo craniano grave, sofrido numa queda enquanto estava a esquiar nos Alpes franceses. O antigo campeão mundial de Fórmula 1 bateu com a cabeça numa rocha mas, segundo as equipas de emergência que o assistiram, não corre risco de vida.

Os média franceses confirmaram a informação de que Gérard Saillant, um dos maiores especialistas franceses em cirurgia desportiva e da coluna vertebral, foi chamado de urgência ao hospital de Grenoble, onde o alemão está internado.

Gérard Saillant já tinha feito uma cirurgia ao ex-piloto, em 1999, e os dois forjaram uma relação próxima desde essa altura, segundo a rádio francesa RMC.

As lesões, garantiam os média locais, não colocam Schumacher em perigo de vida. Segundo a rádio francesa Europe 1, o ex-piloto terá sido vítima de um traumatismo craniano.

Não existe ainda qualquer informação oficial sobre as lesões provocadas pelo acidente, nem sobre o seu estado de saúde atual. Mas os ferimentos sofridos pelo ex-piloto alemão poderão ser mais graves do que inicialmente foi avaliado, uma vez que foi transportado de helicóptero da estância alpina de Méribel para Grenoble.

Acidente de esqui

Michael Schumacher, que se retirou da Fórmula 1 em dezembro de 2012, estava a esquiar na estância de Méribel, nos Alpes franceses, onde tem um "chalet".

O jornal "The Guardian" conta que o ex-piloto caiu e bateu com a cabeça numa rocha.

O sete vezes campeão mundial de Fórmula 1 estaria a usar capacete aquando do acidente, que ocorreu numa área fora de pista, junto a um dos percursos mais perigosos da estância.

O seu porta-voz pediu entretanto compreensão "Não podemos estar a dar-vos informações em contínuo sobre o seu estado de saúde", disse.

Méribel é uma das estâncias que compõem os "Três Vales", um dos centros mais conhecidos dos Alpes franceses.

O ex-piloto alemão tem 44 anos (faz 45 a 3 de janeiro). Ganhou, entre 1994 e 2004, sete vezes o campeonato mundial de Fórmula 1 e venceu 91 Grandes Prémios.

ver mais vídeos