Desporto

Ex-campeã olímpica detida por furto na Disneylândia

Ex-campeã olímpica detida por furto na Disneylândia

Laure Manaudou, tripla medalhada nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004, foi detida na Disneylândia, em Paris, na quinta-feira. A ex-nadadora é acusada de ter cerca de 200 euros de artigos furtados na carteira.

A notícia vem contada em vários meios de comunicação social franceses. A ex-nadadora, de 28 anos, visitava o parque de diversões, com a filha de quatro anos, e uma amiga, quando foi detida.

Os agentes de segurança pediram à ex-campeã olímpica para mostrar a bolsa e encontraram 200 euros em artigos em recibo que provasse a compra. Na carteira da amiga estavam cerca de 300 euros em recordações, também furtados, indica o jornal desportivo "L' Équipe".

Os responsáveis pela segurança da Disneyland chamaram a polícia, que registou a ocorrência.

Nas redes sociais, Manoudou foi rápida, como nas piscinas, a reagir. Através do Facebook, acusou a Imprensa de mentir e inventar, mas os seguidores não parecem satisfeitos com a resposta e questionam a ex-nadadora.

Não é a primeira vez que Lauren é notícia por acontecimentos fora de água. Em 2007, circularam pela Internet fotos de conteúdo erótico da ex-campeã olímpica e do então companheiro, o também nadador, italiano, Luca Marin, que, se soube depois, a traiu com a nadadora Federica Pellegrini - o que redundou noutra polémica pública.

Laura, irmã mais velha de Florent Manaudou, campeão olímpico em Londres 2012, nos 50 metros livres, e que arrecadou três medalhas de ouro nos Mundiais de Piscina Curta, em Doha, no Qatar.

Detentora de 37 medalhas internacionais, Lauren retirou-se das piscinas em 2013, depois de ter feito uma interrupção em 2009, durante a gravidez e o parto. Com três medalhas nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004, sagrou-se campeã olímpica ao arrebatar o ouro nos 400 metros livres.

ver mais vídeos