O Jogo ao Vivo

Hóquei em Patins

F. C. Porto afasta do Dragão Caixa adepto que agrediu mulher de Miguel Albuquerque

F. C. Porto afasta do Dragão Caixa adepto que agrediu mulher de Miguel Albuquerque

O F. C. Porto emitiu, esta segunda-feira, um comunicado a propósito dos incidentes que ocorreram, no sábado, no Dragão Caixa, durante o jogo de hóquei em patins, frente ao Sporting.

No comunicado emitido pelo F. C. Porto, os dragões esclarecem os incidentes ocorridos durante o clássico de hóquei em patins frente ao Sporting, no sábado, aproveitando também para responder às afirmações de Miguel Albuquerque, diretor de Modalidades do Sporting, publicadas no Facebook.

"O FC Porto lamenta que o diretor geral das modalidades do Sporting Clube de Portugal, através da sua página pessoal no Facebook, tenha tecido considerações falsas sobre a natureza das intervenções de dirigentes e funcionários do nosso clube na zona em que ocorreu uma lamentável zaragata entre adeptos que também envolveu o sr. Miguel Albuquerque durante o jogo FC Porto-Sporting em hóquei em patins. A nossa única preocupação foi a de tentar circunscrever e sanar o incidente", pode ler-se no comunicado dos azuis e brancos.

A missiva adianta que o clube "mobilizou todos os meios para identificar o adepto" suspeito da agressão à mulher de Miguel Albuquerque e que o acesso do mesmo ao Dragão Caixa já foi "interditado".

Na mesma nota, os dragões esclarecem que no final do jogo, o presidente Pinto da Costa ligou ao homólogo Frederico Varandas, presidente do Sporting, para "dar a conhecer os detalhes da situação".

Nas horas subsequentes, com a calma desejável mas também com o rigor que a situação exigia, o FC Porto mobilizou todos os meios para identificar o adepto em causa, convidado num camarote de empresa.

Este processo de identificação foi hoje mesmo concluído, tendo o FC Porto comunicado à polícia e, desde já, interditado o acesso desse adepto ao nosso pavilhão.

Leia o comunicado na íntegra:

"O FC Porto repudia veementemente os acontecimentos ocorridos no último sábado no Dragão Caixa

O FC Porto lamenta que o diretor geral das modalidades do Sporting Clube de Portugal, através da sua página pessoal no Facebook, tenha tecido considerações falsas sobre a natureza das intervenções de dirigentes e funcionários do nosso clube na zona em que ocorreu uma lamentável zaragata entre adeptos que também envolveu o sr. Miguel Albuquerque durante o jogo FC Porto-Sporting em hóquei em patins.

A nossa única preocupação foi a de tentar circunscrever e sanar o incidente.

De resto, após o final do jogo, o próprio Presidente do FC Porto cuidou de contactar o seu homólogo do Sporting Clube de Portugal para lhe dar a conhecer os detalhes da situação.

Nas horas subsequentes, com a calma desejável mas também com o rigor que a situação exigia, o FC Porto mobilizou todos os meios para identificar o adepto em causa, convidado num camarote de empresa.

Este processo de identificação foi hoje mesmo concluído, tendo o FC Porto comunicado à polícia e, desde já, interditado o acesso desse adepto ao nosso pavilhão.

Cai assim por terra a suspeita lançada pelo sr. Miguel Albuquerque sobre um branqueamento deste incidente.

A Direção do FC Porto"