Mundial 2018

Fernando Santos: "Jogo extraordinariamente difícil para as duas equipas"

Fernando Santos: "Jogo extraordinariamente difícil para as duas equipas"

O selecionador nacional sublinhou que Portugal terá de se exibir ao melhor nível para vencer o Irão, no último e decisivo jogo da fase de grupos.

Fernando Santos recusou qualquer tipo de facilidade no jogo com o Irão, assegurando que Portugal terá de estar preparado para saber sofrer. "Tive oportunidade de ver os últimos 10 jogos do Irão na fase de apuramento, em que venceu nove e empatou um. É uma equipa fortíssima, bem organizada, estrategicamente forte e com jogadores experientes e de qualidade, que atuam em campeonatos europeus. O jogo que fizeram com a Espanha foi a demonstração das grandes capacidades que têm. O Irão não é só uma equipa defensiva. É perigosa no contra-ataque e sabe jogar quando tem a bola", analisou o selecionador nacional, considerado que o jogo de amanhã será uma "batalha forte" na luta pelo acesso aos oitavos de final.

"São duas equipas que querem vencer, que lutam muito e vão dar tudo. Vai ser um jogo extraordinariamente difícil para as duas equipas. Acredito que vamos estar preparados, vencer e passar à fase seguinte", frisou, confiante, Fernando Santos, considerando o "Irão a melhor seleção asiática".

"É uma equipa extremamente difícil, e competitiva. Temos de estar focados. Se fugirmos disto, as coisas podem ficar complicadas", disse Fernando Santos, optando por desvalorizar o reencontro com Carlos Queiroz. "Somos amigos há 35 anos. Amanhã é que não", argumentou o selecionador nacional.