O Jogo ao Vivo

Ciclismo

Geraint Thomas teve alta e deve poder defender título na Volta a França

Geraint Thomas teve alta e deve poder defender título na Volta a França

O ciclista britânico Geraint Thomas (INEOS) teve alta, esta terça-feira, após ter sido internado na sequência de uma queda na Volta à Suíça, com a equipa a informar que é "pouco provável" que falhe a Volta a França, após o triunfo de 2018.

Thomas saiu do hospital com abrasões no ombro direito e um corte por cima do olho direito, após uma queda na quarta etapa, e a INEOS acredita que o atleta vai poder estar "na linha de saída em Bruxelas, em 6 de julho", para o início do "Tour", pode ler-se em comunicado.

"É frustrante, e um pequeno contratempo na minha preparação para a Volta a França, mas ainda falta muito tempo antes do arranque. Vamos recalibrar, e de certeza que o meu treinador, Tim Kerrison, terá um plano", explicou o corredor.

Por seu lado, o médico Derick Macleod assinala a "forte caída com o principal impacto na cabeça", mas afastou o cenário de comoção cerebral, garantindo que o galês, de 33 anos, vai continuar a ser vigiado nos próximos dias.

O acidente, a duas semanas do arranque do Tour, prova que Thomas ganhou no ano passado, soma-se para a INEOS à perda, na semana anterior, de Chris Froome, tetracampeão na Volta à França e que procurava o "penta" - continua hospitalizado, com fraturas, e já é certo que não vai à "Grande Boucle".