Desporto

Guimarães pondera recorrer da decisão da UEFA

Guimarães pondera recorrer da decisão da UEFA

O Vitória de Guimarães pondera recorrer da deliberação da UEFA de admitir o FC Porto na Liga dos Campeões 2008/09, devido "ao inexplicável facto de conter uma decisão nova que não havia sido proferida durante o julgamento de 13 de Junho".

Num longo comunicado assinado pelo presidente do clube minhoto, Macedo da Silva, a direcção vitoriana "vem esclarecer os seus associados e o público em geral de todo o desenrolar do processo relativo à admissão do Futebol Clube do Porto, SAD à Liga dos Campeões 2008/2009".

"Face à decisão escrita proferida pelo presidente do Comité de Apelo da UEFA, às contradições flagrantes nela constantes e, sobretudo, ao inexplicável facto de conter uma decisão nova que não havia sido proferida durante o julgamento de 13 de Junho, o Vitória Sport Clube requereu ao Comité de Apelo os competentes esclarecimentos, bem como a entrega da gravação da audiência, para efeitos de interpor recurso da decisão nas autoridades desportivas competentes".

Depois de analisar os documentos, o Vitória de Guimarães decide se avança ou não para o recurso da decisão da UEFA de ter mantido os portistas na mais importante competição de clubes a nível mundial.

O Vitória de Guimarães frisou que "ainda não foi notificado de qualquer posição oficial do Comité de Controlo e Disciplina da UEFA".

GYS.

Lusa/Fim