Desporto

Hino do Benfica em destaque no "The New York Times"

Hino do Benfica em destaque no "The New York Times"

O jornal norte-americano "The New York Times" traduziu, explicou e contou a história do hino do Benfica, referindo-se às origens humildes do clube português. O trabalho não incidiu apenas na equipa portuguesa, mas são os adeptos portugueses que ilustram a notícia.

Num trabalho dedicado aos jogos desta terça e quarta-feira da Liga dos Campeões, o "The New York Times", conta que o hino benfiquista foi cantado pela primeira vez no dia 16 de Abril de 1953 no Estádio da Luz pelo tenor Luís Piçarra.

O diário norte-americano traduz a letra do hino para inglês, explicando que os fãs de futebol se expressam no estádio com música, e até cita um fã benfiquista: "Cantamos com orgulho e emoção. Enquanto alguns clubes tinham tudo de mão beijada numa bandeja, nós tínhamos de jogar em campos emprestados, os jogadores tomavam banho de água fria e usavam equipamentos em más condições".

Imobusiness