Sporting

Jaime Marta Soares antecipa recorde de votação

Jaime Marta Soares antecipa recorde de votação

O presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, Jaime Marta Soares, afirmou esta sexta-feira que espera um recorde de votação no ato eleitoral de sábado, que vai eleger o 43.º presidente da história do clube.

Numa visita guiada pelas instalações em Alvalade para a realização das eleições, Jaime Marta Soares declarou que os 5100 votos por correspondência já registados e os 51009 sócios com as quotas em dias habilitados para votar "já são recordes" e que fazem antecipar um número superior aos 18814 votantes que reelegeram Bruno de Carvalho em 2017.

"Julgo que estão criadas todas as condições para que nada falhe. Espero que os sócios venham em grande quantidade. O ato eleitoral de sábado deve ser um momento de grande reflexão da vida do Sporting. O Sporting não tem tempo a perder, não pode fazer experiências. Espero que possamos dar amanhã [sábado] uma grande lição de democracia. Que os que ganhem respeitem os vencidos e que os vencidos ajudem os vencedores", afirmou.

A entrada dos sócios será feita pela porta um do Estádio José Alvalade, passando por uma primeira zona de credenciação com 40 mesas. Uma vez devidamente credenciados, os sócios prosseguem dessa área até ao Hall VIP do estádio, dividindo-se pelo número de votos a que têm direito e que vão desde um a 21 votos. Já no Hall VIP vão estar 50 mesas com voto eletrónico, num processo de votação certificado pela Universidade do Minho.

"A estrutura envolve cerca de 200 funcionários e uma quantidade imensa de seguranças. Está garantida a segurança de todos, mas até penso que não seria preciso, porque amanhã será um dia de festa", frisou, lembrando que a votação também deve ser mais rápida em função da alteração estatutária que passou a ditar o voto numa lista como um voto em todos os órgãos sociais dessa mesma lista.

O líder da Assembleia Geral foi o principal rosto do movimento que levou à destituição de Bruno de Carvalho da presidência do clube, em 23 de junho. Confrontado com o eventual aparecimento do ex-presidente, Jaime Marta Soares admitiu a possibilidade, mas vincando que Bruno de Carvalho nunca poderia passar até às urnas, devido à suspensão de sócio.

"Qualquer cidadão deste país tem a liberdade de fazer os seus passeios, mas também sabemos que se trata de uma situação em que só podem entrar os que estão devidamente credenciados e tenham legitimidade. Neste momento, Bruno de Carvalho não tem essa legitimidade. É um ato eleitoral e só podem entrar os que estão devidamente credenciados para o efeito."

As urnas de voto abrem aos sócios às 09 horas de sábado, sendo que entre as 08.15 horas e as 09 horas irão votar funcionários, delegados e membros dos órgãos sociais. A fila de votação é encerrada às 19 horas, mas todos os que estiverem na fila a essa hora poderão exercer o seu direito de voto.

João Benedito (lista A), José Maria Ricciardi (B), Frederico Varandas (D), Rui Jorge Rego (E), José Dias Ferreira (F) e Fernando Tavares Pereira (G) são os seis candidatos à presidência do Sporting que procuram suceder a Bruno de Carvalho, que liderou os destinos dos "leões" entre 2013 e 2018.

ver mais vídeos