Desporto

Jesualdo ao ataque por Bruno Alves

Jesualdo ao ataque por Bruno Alves

Caústico e ao ataque, em defesa de Bruno Alves. Assim se apresentou Jesualdo Ferreira, a fim de ver terminado o estigma. "Não é agressivo, mas sim forte", concretizou, exigindo "honestidade", e não "especulação", na crítica.

"O Bruno Alves é um jogador que foi muito pouco sancionado na época passada. Viu dois cartões amarelos em toda a Liga e outros dois na Champions. Sofre mais faltas do que faz", anotou o treinador, ontem, na véspera do pontapé de saída da Liga no Dragão, com o F. C. Porto-Belenenses.

"Além disso, o Bruno Alves foi seleccionado pelos técnicos da UEFA para demonstrar as habilidades técnicas defensivas individuais, o que normalmente não é apontado a um jogador que seja mau e muito menos violento ou agressivo", prosseguiu. "Num salto vertical, um indivíduo com a sua compleição física, terá de tocar nos adversários. E os adversários já perceberam que o melhor a fazer será não saltar ou saltar pouco", observou.

"Tem-se criado um estigma e há que acabar com esta campanha, seja em relação ao Bruno Alves ou a qualquer outro atleta da equipa. Alerto para esta situação e vou estar atento. Repito, o Bruno Alves não é agressivo, mas sim muito forte e que discute os lances com uma grande energia e virilidade. Estamos a falar de um jogador internacional e de elite. É preciso perceberem de uma vez por todas que é um atleta leal. Vamos ser honestos nas avaliações", concluiu sobre o tema.

Na mente portista, o desaire com o Sporting está eliminado. "Nenhuma derrota acrescenta nada de positivo. Cabe-nos tirar os melhores ensinamentos desse jogo e corrigir as situações em que não estivemos como desejaríamos. Sabemos exactamente o que devíamos ter feito e não fizemos", referiu o técnico, confiante numa boa reacção azul e branca. "Um jogo de início de campeonato não se prepara numa semana. A preparação é feita muitas semanas antes. É certo que tivemos muitos jogadores nas selecções, mas tal já estava previsto no calendário. Todos sabem exactamente o que fazer frente ao Belenenses. A única preocupação é recuperá-los fisicamente. A equipa está ansiosa, pois a seguir a uma derrota queremos ganhar logo", destacou.

"O Belenenses é uma equipa forte, que, na época passada, empatou no Dragão e pôs fim a oito vitórias seguidas. Vai obrigar a sermos ainda mais atentos, assertivos e, acima de tudo, competitivos", observou. "Vai começar uma prova diferente da Supertaça, baseada na regularidade. Vamos ver quem resiste mais e quem tem mais recursos para ser campeão. Sente-se que o F. C. Porto tem as suas qualidades intactas", terminou.

ver mais vídeos