Desporto

Karatecas de sete países no open da Maia

Karatecas de sete países no open da Maia

O Clube de Karaté da Maia realiza o seu 17.º open internacional a 8 deste mês, no Pavilhão Municipal de Gueifães. A iniciativa conta, neste ano, com a presença de 800 atletas, de infantis a seniores, oriundos de sete países: Portugal, França, Espanha, Inglaterra, Alemanha, Angola e Brasil.

Os atletas vão participar em provas de cariz individual (nas disciplinas de kata e kumite) e em equipa, representando as seleções dos seus países ou das regiões, como será o caso dos karatecas nacionais que irão competir no 9.º Torneio das Seleções Regionais.

Independentemente da vertente ou da disciplina em que pisam o tapete, o objetivo da realização desta iniciativa por parte do Clube de Karaté da Maia continua a ser sempre o mesmo, de acordo com o presidente do clube, António Moreira: "Fomentar o espírito competitivo e continuar a divulgar a importância da prática desta modalidade, que, agora, adquiriu o estatuto de olímpica".

Esta condição marca uma nova etapa no karaté mundial, com maior visibilidade, mas, simultaneamente, com outras exigências. Por isso, acredita António Moreira, "provas desta envergadura são fundamentais para que os nossos atletas possam preparar-se para o sonho olímpico", daí que a parceria entre o clube e a Federação Nacional de Karaté "seja de grande importância".

Em termos de horários, as provas começam às 9 horas e terminam às 18. Os encontros entre as seleções (dos vários países representados e as regionais nacionais) estão agendados para as 19.