Futebol

Luís Castro e Abel Ferreira evasivos na resposta ao interesse do Benfica

Luís Castro e Abel Ferreira evasivos na resposta ao interesse do Benfica

Estão os dois a treinar no Minho, em clubes próximos geograficamente mas distantes na rivalidade. Um em Braga, outro em Guimarães. Apontados como hipótese para a sucessão a Rui Vitória, foram ambos evasivos na resposta.

"Isso é fruto de um trabalho coletivo. O segredo do sucesso de um treinador é ter a capacidade intelectual para decidir o que quer a cada momento. Sei o que quero e o que quero para o clube. Como digo aos jogadores, temos de ter objetivos individuais e coletivos, isso está muito claro na minha cabeça", disse Abel Ferreira, quando confrontado com o alegado interesse do Benfica.

O treinador lembrou já ter assumido que quer continuar em Braga e referiu ter dito a António Salvador que não era preciso renovar o contrato. "O futebol tem memória curta e, infelizmente, o que conta são os resultados, mas, neste clube, vamos continuar a olhar para o processo, porque foi ele que nos trouxe até aqui", disse, em conferência de imprensa, este sábado.

De Guimarães, apenas respeito pelo futebol

Sobre a possibilidade, avançada pela imprensa nacional, de suceder ao treinador Rui Vitória no comando do Benfica, Luís Castro disse apenas que tais rumores não interferem com a preparação do duelo com os "azuis", já que os seus jogadores e a sua equipa técnica "respeitam muito" o futebol, a administração da SAD vitoriana e a massa associativa vimaranense.

ver mais vídeos