NBA

Magic Johnson deixa presidência dos LA Lakers

Magic Johnson deixa presidência dos LA Lakers

O antigo basquetebolista norte-americano Magic Johnson renunciou ao cargo de presidente dos Los Angeles Lakers, justificando a decisão com a vontade de voltar a ter uma vida simples e divertida.

"Quero voltar a divertir-me, quero voltar a ser quem era antes de assumir este cargo", disse o antigo astro do basquetebol mundial, que geria a parte desportiva do clube de Los Angeles, visivelmente emocionado.

Magic Johnson, de 59 anos, considerou que a equipa "está no bom caminho" e admitiu a possibilidade de os Lakers contratarem outra estrela, depois de no verão passado terem recrutado LeBron James.

"Acho que esta equipa vai estar em posição de disputar o campeonato num futuro próximo", afirmou Magic Johson, que não informou previamente a proprietária do clube, Jeanie Buss, da decisão.

Magic Johnson não comentou a eventual permanência de Luke Walton, o técnico que esta época não conseguiu qualificar a equipa para os play-offs da NBA, referindo que essa é uma decisão da proprietária.

Johnson assumiu o cargo de presidente para a área desportiva dos Los Angeles Lakers em fevereiro de 2017 e desde então viveu muitos momentos conturbados.

O antigo jogador, cinco vezes campeão da NBA, foi muito elogiado pela contratação de LeBron James, mas bastante questionado sobre a falta de aquisições de 'peso', que pudessem ajudar a nova estrela.

Magic Johnson, que foi também acusado de ser o culpado das saídas de jogadores como D'Angelo Russell e Julius Randle, foi recentemente criticado pela forma como conduziu as negociações por Anthony Davis, um pedido pessoal de LeBron James.