Futebol

Maradona abraça carreira de dirigente como presidente do Dínamo Brest

Maradona abraça carreira de dirigente como presidente do Dínamo Brest

"Feliz por assumir a presidência do Dínamo de Brest, rodeado de amor e respeito. Obrigado Bielorrússia", escreveu nas redes sociais aquele que muitos consideram ser o melhor futebolista de todos os tempos.

Era a função que lhe faltava assumir no futebol. Diego Armando Maradona deixou o cargo de treinador do Al Fujairah, dos Emirados Árabes Unidos, para assumir as funções de dirigente como presidente do Dínamo Brest. O convite foi-lhe endereçado pelos donos do clube bielorrusso e, garantem na Argentina, o antigo jogador e treinador vai receber um ordenado milionário.

De acordo com a imprensa argentina, Maradona assinou um contrato válido para três temporadas, sendo que pode rescindir ao final da primeira no caso de não se adaptar à nova realidade profissional ou ao país. Independentemente disso, o argentino foi recebido em clima de euforia pelos adeptos do novo clube. O próprio Maradona partilhou nas redes sociais algumas imagens da chegada ao Dínamo Brest.

Recorde-se que, enquanto jogador, Maradona representou o Argentinos Juniors, Boca Juniors, Barcelona, Nápoles, Sevilha e Newell´s Old Boys. Como treinador, além da seleção argentina, serviu o Textil Mandiyú, Racing Club, Al Wasl e, mais recentemente, o Al-Fujairah.