Futebol Internacional

Maradona deixa de treinar os mexicanos Dorados

Maradona deixa de treinar os mexicanos Dorados

O argentino Diego Maradona vai deixar de treinar a equipa mexicana Dorados, por questões de saúde, anunciou o advogado do antigo astro do futebol mundial na rede social Twitter.

"Diego Maradona decidiu não continuar como treinador dos Dorados. Depois de conselhos médicos, vai dedicar o seu tempo à saúde e fará duas cirurgias: às costas e ao joelho. Obrigada a toda a família dos Dorados", escreveu o advogado Matias Morla.

O desempenho de Maradona como treinador na II liga mexicana foi bastante positivo, com o antigo futebolista campeão mundial, e considerado por muitos o melhor do mundo, a levar a equipa a duas finais.

Maradona assumiu a equipa no 13.º lugar entre 15 equipas e conseguiu colocar os Dorados nas finais do torneio de abertura e encerramento, perdendo em ambas as ocasiões com o Atlético San Luis.

O argentino já tinha dito em abril que pretendia deixar o clube no final da época, considerando que a sua simples presença como técnico fazia com que os árbitros tivessem decisões desfavoráveis aos Dorados.

A sua forma de estar gerou alguns casos, entre os quais uma expulsão em dezembro, depois de insultar jogadores e equipa técnica do adversário, situação que repetiu na primeira final, com insultos aos adeptos contrários.

Mais recentemente, foi punido pela Comissão Disciplinar por ter dedicado uma vitória da sua equipa ao presidente da Venezuela, Nicolas Maduro.