F. C. Porto

Meia centena de adeptos esperaram pela equipa no Dragão

Meia centena de adeptos esperaram pela equipa no Dragão

Depois de uma despedida quente do Estádio do Rio Ave, após o empate a duas bolas, a comitiva do F. C. Porto foi recebida com insultos por cerca de 50 adeptos que fizeram questão de esperar por jogadores, equipa técnica e dirigentes à chegada ao Estádio do Dragão.

Após desperdiçar dois golos de vantagem nos minutos finais do jogo com o Rio Ave, o F. C. Porto até se isolou no comando do campeonato, mas pode ver o Benfica fugir no topo da Liga, caso as águias vençam, este domingo, no terreno do Sp. Braga.

O caminho rumo ao bicampeonato fica mais difícil e os adeptos perceberam isso mesmo, mostrando a revolta pela forma como a equipa portista se deixou empatar em Vila do Conde, onde esteve a ganhar por 2-0 até ao minuto 84! A habitual roda dos dragões no final do encontro teve direito a muitos assobios, alguns insultos e uns tímidos aplausos.

Depois, vários adeptos mostraram a sua insatisfação para com jogadores e equipa técnico quando estes deixaram o estádio dos Arcos rumo ao autocarro da equipa, momento em que Sérgio Conceição, acompanhado por Pinto da Costa, falou com alguns dos simpatizantes azuis e brancos.

Já na Cidade Invicta, cerca de 50 adeptos mostraram toda a sua revolta pelo resultado e voltaram a ouvir-se insultos - "joguem à bola" -, mas a Polícia de Segurança Pública estava presente e fez um cordão de segurança para proteger os atletas, quando estes abandonaram, nas respetivas viaturas, o Estádio do Dragão.