Óbito

Adepto morre após paragem cardiorrespiratória no V. Guimarães-Braga

Adepto morre após paragem cardiorrespiratória no V. Guimarães-Braga

Um homem de 72 anos, adepto e sócio número 474 do Vitória de Guimarães, morreu após paragem cardiorrespiratória durante a segunda parte do dérbi desta sexta-feira entre os "vitorianos" e o Sporting de Braga.

José Mota assistia ao encontro na bancada nascente do estádio D. Afonso Henriques quando se sentiu indisposto. Foi então assistido por elementos da Cruz Vermelha mas não resistiu e acabou por falecer.

O treinador dos vitorianos, Luís Castro, exprimiu, no final do dérbi minhoto, as condolências à família do adepto.