Ataque ao mercado

Neymar espera pelo Real Madrid e Dybala associado ao PSG

Neymar espera pelo Real Madrid e Dybala associado ao PSG

O Manchester United não conseguiu chegar a acordo com guarda-redes David De Gea e Dybala foi associado ao PSG. Em Espanha, o Real Madrid continua a tentar contratar Neymar.

PSG: O "AS" avança que o campeão francês recusa vender Neymar ao Barcelona devido à relação entre os dois clubes e, por isso, o jogador brasileiro deve seguir para o Real Madrid. A "Marca" já fala em transferência do ano e avança que Al Khelaifi, presidente do PSG, autorizou o empresário Pini Zahavi a negociar Neymar. No sábado, Leonardo, diretor desportivo dos parisienses revelou a existência de "conversações mais avançadas do que antes" sobre uma possível saída do brasileiro.

Juventus: Dybala foi um dos jogadores mais cobiçados em Inglaterra, chegando a ser associado ao Tottenham, mas acabou por ficar na Juventus. Este domingo, Sarri, treinador da Juventus, admitiu a saída do argentino e a imprensa italiana avança com o interesse do PSG.

Manchester United: A imprensa inglesa garante que os red devils não chegaram a acordo com o guarda-redesDavid De Gea para a renovação de contrato.

Mónaco: O clube francês oficializou o empréstimo do belga Nacer Chadli ao Anderlecht e a transferência de Hannibal Mejbri ao Manchester United.

Bayern Munique: Franck Ribéry terminou contrato com o clube alemão e foi associado a vários clubes mas, segundo o "L'Équipe", o francês está muito perto de assinar contrato com o Lokomotiv Moscovo.

Flamengo: Balotelli continua a ser associado à equipa de Jorge Jesus e o presidente já chegou a confirmar o interesse no jogador mas, este domingo, o treinador português recusou comentar uma eventual chegada do jogador italiano. " Não vou falar do Balotelli porque não é jogador do Flamengo. É um jogador da Europa que conheço bem pelo futebol italiano e da França. Sabemos do valor dele. Não é importante falar dele agora, que eu saiba não tem acordo e nada que justifique que eu vá ter o Balotelli", disse Jorge Jesus.