Futebol

O percurso de José Mourinho, da glória de "azul" à queda de "vermelho"

O percurso de José Mourinho, da glória de "azul" à queda de "vermelho"

O português José Mourinho terminou, esta terça-feira, sem glória a terceira passagem pelo futebol inglês ao ser dispensado pelo Manchester United, atual sexto classificado da Liga inglesa. Um treinador no "vermelho", que viveu os melhores anos da carreira de azul, no F. C. Porto, Chelsea e Inter de Milão.

José Mourinho, que chegou a Manchester em 2016 para substituir Louis van Gaal, não conseguiu levar os "red devils" à conquista da Liga inglesa, título que lhes foge desde 2013, tendo apenas conseguido uma Taça da Liga inglesa, uma Supertaça e a Liga Europa, na época 2016/2017.

Depois de ter sido sexto classificado na época de estreia, Mourinho viu a equipa terminar em segundo lugar a edição 2017/18, atrás do rival e vizinho Manchester City.

Esta temporada, o Manchester United foi eliminado pelo Derby County, da segunda divisão, na terceira eliminatória da Taça da Liga, e segue na sexta posição da Liga inglesa, a 19 pontos do líder Liverpool, equipa com a qual perdeu no domingo por 3-1.

Em 17 jornadas, o United, a equipa mais titulada da Liga inglesa (20), somou sete vitórias, cinco derrotas e cinco empates, estando a viver a pior época desde 1990/91.

Na Europa, a equipa terminou na segunda posição o Grupo H da Liga dos Campeões, atrás dos italianos da Juventus, e vai discutir a passagem aos "quartos" com os franceses do Paris Saint-Germain.

Aos 55 anos, Mourinho termina sem glória a sua terceira passagem pelo futebol inglês, depois de ter orientado o Chelsea em dois períodos distintos, o primeiro dos quais com grande sucesso.

Aliás, o técnico português assinou, em maio de 2016, um contrato de três anos com o United, cinco meses depois de ter rescindido por mutuo acordo com a equipa londrina, que se encontrava a apenas um ponto da zona de descida da "Premier League".

Na época de 2014/15, na sua segunda passagem por Stamford Bridge, Mourinho conquistou o terceiro título inglês pelos "blues" e a Taça da Liga.

José Mourinho, que na primeira passagem por Stamford Bridge se intitulou como especial, ficando para sempre como o "special one", regressou a Londres em 2013, com um contrato de quatro anos, que, entretanto, foi prolongado até 2019. Acabaria por não cumprir o contrato, ao ser despedido em 17 de dezembro de 2015.

Na primeira passagem pelo Chelsea, que marcou o início da sua carreira fora de Portugal, José Mourinho conquistou seis troféus, entre os quais dois títulos ingleses (2004/05 e 2005/06), em pouco mais de três anos, antes de ser despedido, em setembro de 2007.

O técnico luso, que chegou a Londres depois de ter levado o F. C. Porto ao título europeu em 2003/04, ganhou ainda uma Taça de Inglaterra (2006/07), duas Taças da Liga e uma Supertaça. Na Liga dos Campeões, ficou-se por duas meias-finais.

"Mou" rumou depois ao Inter Milão, clube que levou ao título europeu, e, depois, ao Real Madrid, pelo qual venceu a Liga espanhola de 2011/12.

Em Portugal, José Mourinho passou por Benfica, União de Leiria e F. C. Porto, tendo conquistado ao serviço dos "dragões" duas ligas, uma Taça de Portugal, uma Supertaça, uma Taça UEFA e uma Liga dos Campeões.

José Mourinho, que em 2010 recebeu o prémio FIFA para treinador do ano, foi considerado o melhor técnico da "Premier League" em três épocas e o melhor treinador da Liga italiana em duas.

Em 2002/03 e 2003/04, o técnico português foi distinguido como melhor treinador da UEFA, e em 2006 recebeu a Ordem do Infante D. Henrique.

ver mais vídeos