Futebol

PAOK de Abel Ferreira perde com o Ajax

PAOK de Abel Ferreira perde com o Ajax

O F. C. Porto foi esta terça-feira eliminado na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, falhando o acesso ao play-off, depois de perder por 3-2, frente aos russos do Krasnodar, no encontro da segunda mão. O PAOK, de Abel Ferreia, também disse adeus à competição, ao contrário do Olympiacos, que venceu o Basaksehir e passou à fase seguinte.

A vitória tangencial (1-0) conseguida na Rússia na passada semana dava um ligeiro conforto para o jogo no Estádio do Dragão. No entanto, a entrada desastrada da equipa de Sérgio Conceição deitou tudo a perder, face aos tentos de Vilhena (3 minutos) e Suleymanov (13 e 33), atenuados já na segunda parte por Zé Luís (57) e Luis Díaz (76), que se estrearam a marcar pelo F. C. Porto.

Apesar do afastamento, os dragões confirmam a presença na fase de grupos da Liga Europa, assim como todas as equipas eliminadas nesta fase.

No play-off, vai estar o técnico luso Pedro Martins, dos gregos do Olympiacos - colocou os compatriotas José Sá, Rúben Semedo e Daniel Podence entre os titulares -, que assegurou a presença com o triunfo na receção ao Basaksehir (2-0), precisamente com um golo do antigo central de Sporting e Rio Ave, aos 55 minutos, e do francês Valbuena, aos 78, de grande penalidade.

Em Amesterdão, os também helénicos do PAOK, orientados pelo português Abel Ferreira, não conseguiram superar o semifinalista da edição passada da Champions, o Ajax, com o guarda-redes luso Bruno Varela no banco, perdendo por 3-2, com os golos do campeão holandês a serem apontados por Tadic (43 e 85), ambos de grande penalidade, e por Tagliafico (79). Biseswar (23 e 90+4) bisou para os visitantes.

Nos restantes encontros, os tentos de Forrest (51), Edouard (61) e Christie (76) para o antigo campeão europeu Celtic não foram suficientes para evitar a surpresa em casa (3-4), perante os romenos do Cluj, com os portugueses Luís Aurélio e Camora no onze e que vão estar na próxima fase, graças aos golos dos companheiros Deac (27), Omrani (74 e 80), o primeiro de grande penalidade, e Tucudean (90+7).

Os tentos de Ranftl (59), Goiginger (89) e Raguz (90+4) colocaram os austríacos do LASK Linz na fase seguinte, frente a um Basileia que não fez melhor do que apontar o tento de honra por Ademi (80).

O Estrela Vermelha, da Sérvia, teve de recorrer ao desempate por grandes penalidades para continuar em competição, após um empate a um golo e de ter estado a vencer através do golo de Boakye, antes de N'Doye ter restabelecido a igualdade para os dinamarqueses do Copenhaga.

A primeira mão do 'play-off' de acesso à fase de grupos da 'Champions' disputa-se em 20 e 21 de agosto, com a segunda a realizar-se em 27 e 28 do mesmo mês.