Futebol

Paulo Pereira Cristóvão reintegrado como vice-presidente do Sporting

Paulo Pereira Cristóvão reintegrado como vice-presidente do Sporting

O vice-presidente do Sporting Paulo Pereira Cristóvão vai ser reintegrado no cargo, após reunião na segunda-feira do Conselho Leonino, disse hoje à agência Lusa fonte da direção sportinguista.

A decisão foi tomada após uma reunião de mais de 8.30 horas de duração, na qual foi debatida a reintegração do dirigente "leonino", que tinha pedido na semana passada a suspensão do seu mandato.

Paulo Pereira Cristóvão pediu a suspensão depois de ter sido constituído arguido no caso do dinheiro que apareceu na conta do árbitro auxiliar de futebol José Cardinal, poucos dias antes do encontro com o Marítimo, dos quartos de final da Taça de Portugal.

Além do vice-presidente "leonino", outras duas pessoas foram constituídas arguidas no âmbito de uma investigação por denúncia caluniosa qualificada.

Fonte ligada ao processo disse à agência Lusa na semana passada que os três arguidos são o vice-presidente do Sporting Paulo Pereira Cristóvão, ex-inspetor da Polícia Judiciária (PJ), o elemento que segundo a denúncia estava a depositar dinheiro na conta do árbitro de futebol assistente e uma pessoa ligada profissionalmente ao dirigente "leonino".

Na base da investigação está uma denúncia feita pelo Sporting à Federação Portuguesa de Futebol sobre um depósito de dois mil euros na conta de José Cardinal, dias antes do encontro entre Sporting e Marítimo, dos quartos de final da Taça de Portugal.

Ainda de acordo com aquela fonte, na investigação veio a apurar-se que quem fez o depósito bancário é uma pessoa que profissionalmente está ligada ao vice-presidente do Sporting e terá, alegadamente, atuado para impedir que o árbitro auxiliar fizesse parte da equipa de arbitragem no encontro da Taça com os insulares.

Imobusiness