Desporto

Pinto da Costa: "Benfica-F. C. Porto à porta fechada? Foi apenas um fait diver"

Pinto da Costa: "Benfica-F. C. Porto à porta fechada? Foi apenas um fait diver"

O presidente dos dragões participou na cerimónia de comemoração dos 125 anos. À noite, os campeões nacionais recebem o Tondela.

No dia da comemoração dos 125 anos do F. C. Porto, Pinto da Costa marcou presença na cerimónia do hastear da bandeira do clube. O presidente dos dragões pretende terminar o dia com uma vitória sobre o Tondela e, apesar de dizer que o foco está apenas no duelo desta sexta-feira com os beirões, o líder dos azuis e brancos abordou o clássico com o Benfica, agendado para a próxima semana.

Para Pinto da Costa, a possibilidade do clássico no Estádio da Luz ser disputado à porta fechada nunca foi posta em cima da mesa. "Nunca admiti que isso pudesse acontecer, foi apenas um fait diver. O futebol é um espetáculo e tem que ter gente. Pensar que se resolvem os problemas no futebol afastando o público é no mínimo original", afirmou.

"Mas ainda falta muito para esse jogo e no nosso pensamento está só o Tondela e depois ainda temos o Galatasaray. Tem que ser uma coisa de cada vez. O Pedroto costumava dizer quando lhe falavam de outro jogo que não o próximo que jogar contra 11 já era difícil, jogar contra 22 ou 33, a meter os jogos todos no mesmo saco, é impossível", acrescentou Pinto da Costa.

Além da presença na cerimónia do hastear da bandeira, o presidente do F. C. Porto inaugurou a exposição temporária "5", referente ao quinto aniversário do Museu do clube.