O Jogo ao Vivo

F. C. Porto

Pinto da Costa fala em futebol "refém" de procedimentos irregulares

Pinto da Costa fala em futebol "refém" de procedimentos irregulares

A SAD do F. C. Porto apresentou esta quinta-feira os resultados financeiros referentes ao exercício de 2017/18, registando um prejuízo de 28,4 milhões de euros e Pinto da Costa deixou uma mensagem endereçada aos acionistas da SAD no Relatório e Contas.

O Presidente do F. C. Porto Jorge Nuno Pinto da Costa não esqueceu as mais recentes polémicas do futebol português na mensagem endereçada aos acionistas da SAD portista no Relatório e Contas 2017/18. Na mensagem presente no Relatório e Contas 2017/18, o líder azul e branco falou num futebol português "refém de um sem número de procedimentos irregulares e antidesportivos" e destacou a qualidade do plantel, que só não garantiu conquistas em anos anteriores "porque as competições decidiam-se mais em alguns gabinetes do que no terreno de jogo".

Leia a mensagem na íntegra:

"Mensagem do Presidente

A época 2017/18 assinalou o resgate do título nacional, numa temporada de grande sucesso, que se mediu pela cumplicidade desde o início da temporada entre a equipa e os adeptos. Para o sucesso da equipa foi fundamental o trabalho e a dedicação de todos os setores do futebol profissional e até de outras áreas da sociedade que mostraram um F. C. Porto capaz de lutar contra o valor dos nossos adversários e contra outras forças pouco recomendáveis mas inegavelmente poderosas.

A conquista do campeonato revestiu-se ainda de maior importância porque a época 2017/18 foi aquela em que ficou evidente que o futebol português está refém de um sem número de procedimentos irregulares e antidesportivos. Como sempre foi minha convicção, o nosso plantel é constituído por jogadores de grande qualidade e se nas épocas imediatamente anteriores isso não ficou claro foi porque as competições decidiam-se mais em alguns gabinetes do que no terreno de jogo.

A carreira da equipa na Liga dos Campeões e nas outras provas nacionais, perdidas apenas nos desempates por penáltis, atesta o desempenho muito positivo da nossa equipa profissional, que continua a ser a única com verdadeira dimensão internacional no futebol português.

Para a nova temporada, que já está em curso, pretendemos repetir a receita, sendo a conquista da Supertaça um excelente pronuncio para mais um ano de muito trabalho e dedicação."

ver mais vídeos