Futebol

PSG sobre Neymar: "É claro para toda a gente que quer sair"

PSG sobre Neymar: "É claro para toda a gente que quer sair"

Na segunda-feira, o campeão francês iniciou a pré-temporada e esperava que Neymar se apresentasse. Mas o internacional brasileiro não apareceu e, esta terça-feira, o diretor desportivo do PSG confirma que foi abordado pelo Barcelona.

Neymar volta a estar no centro da polémica. Sem dar qualquer justificação, o internacional brasileiro não se apresentou no primeiro dia de trabalho do campeão francês. O PSG prometeu tomar medidas, mas o pai do brasileiro garantiu que os parisienses sabiam da ausência do atleta. Em declarações ao canal brasileiro Fox Sports, referiu que a ausência do avançado se deveu a "compromissos" do Instituto Projeto Neymar Jr. e que estava previsto que este apenas se apresentasse no PSG no dia 15 de julho.

"Há cinco anos que o instituto realiza essas ações. O próprio PSG participou nessas ações, através da presença do presidente Nasser [Al-Khelaifi]. Não entendo o porquê da arbitrariedade. Ficamos chateados, mas o PSG estava ciente desta situação", revelou.

A saída de Neymar do PSG é um cenário cada vez mais falado e o Barcelona o destino mais certo. Leonardo, diretor desportivo do PSG, assumiu esta terça-feira que os catalães perguntaram pelo brasileiro, ainda que não tenham feito nenhuma proposta.

"É claro para toda a gente que Neymar quer sair. Mas, no futebol, num dia diz-se uma coisa e amanhã já é diferente... Para já, a única coisa concreta é que o Neymar ainda tem três anos de contrato e não recebemos qualquer proposta. Por isso, não há nada para discutir. Não nego que já houve uma abordagem do Barcelona, mas não temos propostas formais. Neymar poder sair do PSG se chegar uma oferta que satisfaça todas as partes. Mas, como devem calcular, uma coisa destas não é feita de um dia para o outro... O PSG quer construir algo grande à volta de jogadores que queiram estar connosco. Não precisamos dos que estão aqui a fazer-nos um favor", disse em declarações ao "Le Parisien".