Futebol

PSG vence Mónaco com hat-trick de Mbappé, no regresso de Neymar e Cavani

PSG vence Mónaco com hat-trick de Mbappé, no regresso de Neymar e Cavani

O Paris Saint-Germain, já consagrado campeão, venceu este domingo na receção ao Mónaco por 3-1, em jogo da 33.ª jornada da Liga francesa de futebol marcado por um "hat-trick" de Mbappé e os regressos de Neymar e Cavani.

O empate do Lille em Toulouse, horas antes, fez com que o PSG entrasse em campo já com o título de campeão de França renovado, sendo que, no jogo, a grande figura foi o jovem Kylian Mbappé, autor de três golos, aos 15, 38 e 56 minutos, que não festejou por respeito ao seu anterior clube que o projetou para a ribalta.

O jogo assinalou também os regressos à competição, após longas paragens, do brasileiro Neymar e do uruguaio Edinson Cavani, que entraram no decorrer da segunda parte, retomando, com Mbappé, o trio "maravilha" do ataque parisiense.

A superioridade do PSG nunca esteve em causa, apesar do treinador alemão Tomas Tuchel ter deixado no 'banco' Buffon, Di Maria, Neymar, Cavani e Draxler, um quinteto de meter respeito a qualquer adversário.

Pelo Mónaco, que reduziu a desvantagem aos 80 minutos, pelo médio russo Aleksandr Golovin, alinharam de início os jogadores lusos Adrien Silva, Rony Lopes e Gelson Martins, a quem Leonardo Jardim concedeu a titularidade.

O PSG, que lidera com 84 pontos, mais 19 do que o Lille, segundo classificado, conquistou, assim, o seu segundo título consecutivo, o sexto nos últimos sete anos e o oitavo de sempre, quando faltam cinco jornadas para o fim.

Por seu lado, Mbappé reforçou a liderança da lista dos marcadores, passando a contar 30 golos, contra 19 do marfinense Nicolas Pepe (Lille). Na luta pela 'Bota de Ouro', colocou-se a três do argentino Lionel Messi (FC Barcelona).

Também hoje, o Saint-Étienne foi a Reims vencer por 2-0, com um tento de Remy Cabella e um autogolo do belga Bjorn Engels, e manteve o quarto posto, com 56 pontos, ameaçando o terceiro lugar ocupado pelo Lyon (59), e que dá acesso à Liga dos Campeões.

Depois de na jornada anterior ter goleado por 5-1 os parisienses, o Lille cedeu hoje um 'nulo' em Toulouse, com os portugueses José Fonte e Rafael Leão de início e Rui Fonte como suplente utilizado, no segundo tempo, numa partida em que não teve 'arte', nem 'engenho' para ultrapassar o 15.º colocado.

Por seu lado, o Nantes, 13.º classificado, venceu por 3-2 na receção ao Amiens, com dois golos do maliano Kalifa Coulibaly e um de Valentin Rongier, enquanto o colombiano Juan Otero e Cheick Timite anotaram os tentos dos visitantes, que ocupam o primeiro lugar acima da 'linha de água', atrás do Mónaco.

Imobusiness