Sporting

Ricciardi revela sondagem que dá empate técnico entre si, Benedito e Varandas

Ricciardi revela sondagem que dá empate técnico entre si, Benedito e Varandas

José Maria Ricciardi revelou, na terça-feira à noite, uma sondagem que dá um empate técnico entre ele Frederico Varandas e João Benedito nas eleições do Sporting e denunciou uma campanha negra em preparação contra si.

"Vamos distribuir uma sondagem com uma ficha técnica séria, feita no estádio de Alvalade no último sábado, em urna, em que todos os que votaram foram obrigados a mostrar os seus cartões de sócios. Quero dizer-vos que nessa sondagem estamos com empate técnico com os candidatos Frederico Varandas e João Benedito", disse o candidato da lista B aos jornalistas, num restaurante de Lisboa, durante um jantar de campanha da sua candidatura.

Para Ricciardi o resultado desta sondagem é "a prova de que aquela que foi feita pela Intercampus é um embuste", em que as pessoas abordadas nem sequer "apresentavam os cartões de sócios e andavam a vaguear de umas zonas do estádio para outras".

O candidato, proveniente da Banca, denunciou ainda "uma campanha negra" a ser promovida pela agência de comunicação LPM, conhecida por "ser muito cara".

"Pergunto, com todo o respeito, como é que o dr. Varandas, que é uma pessoa que, embora tenha uma remuneração mais alta do que a maioria dos portugueses, entre os três e os quatro mil euros, pode pagar estas campanhas brutais e caríssimas. Será que há uma troca de favores? Não sei, o que sei é que vem aí mais uma campanha negra contra nós, andam a tentar alterar o Google e a mexer na nossa vida pessoal, coisa que não temos problema nenhum", disse José Maria Ricciardi, para quem a sondagem da Intercampus só comprova que a sua candidatura está na luta para ganhar as eleições de 08 de setembro.

De resto, ainda segundo Ricciardi, a prática da LPM fala por si e lembra que essa agência é especialista por "andar a fazer coisas destas, como a defender o dr. José Sócrates e o dr. Ricardo Salgado", cujas características se recusou a qualificar.

O candidato à presidência do Sporting pela lista B reiterou "não ter qualquer receio da campanha negra" que lhe vai ser movida nos próximos dias e que assentará, segundo ele, num conjunto de insultos pessoais, como já tinham feito no passado.

"Benedito e Varandas devem ter fundos muito grandes para pagar campanhas destas, e é pena que depois de se ter apelado a uma campanha eleitoral elevada se chegue a um nível tão baixo. Estejam preparados, nos próximos três dias isso vai acontecer, mas vamos manter-nos firmes até à vitória final", reforçou José Maria Ricciardi, que diz ter a "perfeita convicção de que os sócios do Sporting lhe vão dar a vitória", apelando a estes que "não se deixem influenciar".

Foi mais longe e estabeleceu uma conexão entre essa campanha negra contra si e a sondagem hoje realizada pela empresa Intercampus para alguns órgãos de comunicação, cujos resultados dão um empate técnico entre os candidatos João Benedito (37,7 por cento) e Frederico Varandas (36,2) nas intenções de votos dos sportinguistas e uma percentagem de apenas 14,4 para José Maria Ricciardi.

"Isto é mais uma prova de que a campanha da Intercampus é absolutamente falsa, porque, se tivéssemos os votos que eles pensam que vamos ter, não estavam neste desespero em que estão, nem avançavam com esta campanha negra que se prepara", concluiu o candidato da Lista B.

Questionado sobre a desistência hoje anunciada do candidato Pedro Madeira Rodrigues e do apoio que este anunciou à lista B, José Maria Ricciardi confirmou-o: "O dr. Madeira Rodrigues anunciou que abdicava da sua candidatura e propunha que os seus eleitores, os quais não acredito que sejam apenas um por cento como indicava essa fantástica sondagem, porque não são, que votassem na Lista B, que é a nossa lista. Agradeço ao dr. Pedro Madeira Rodrigues, por quem tenho imensa consideração e considero um homem sério, como há outros como o dr. José Eugénio Dias Ferreira, como o sr. Fernando Tavares Pereira, como o sr. Jorge Rego, que são pessoas que não usam golpes baixos, nem ataques pessoais".

Quanto à hipótese de Madeira Rodrigues vir a integrar a sua equipa caso venha a ser eleito, Ricciardi não a excluiu: "Sobre lugares já expliquei que os estatutos do Sporting não permitem transferências de umas listas para as outras. Isso não se vai passar, sobre o resto... vamos ver. Quando ganharmos as eleições iremos decidir em relação a outras áreas do Sporting, quem as vai integrar ou não, para já não posso adiantar mais nada do que isso".

As eleições do Sporting realizam-se no próximo sábado, dia 08 de setembro, concorrendo às mesmas seis listas, caso não se verifique mais nenhuma desistência.

Além de José Maria Ricciardi (B), agora com o apoio de Madeira Rodrigues, concorrem ao ato eleitoral João Benedito (lista A), Frederico Varandas (D), Rui Jorge Rego (E), José Dias Ferreira (F) e Fernando Tavares Pereira (G).

ver mais vídeos