Futebol

Rio Ave esteve a um minuto da meia-final da Taça mas foi eliminado nos penáltis

Rio Ave esteve a um minuto da meia-final da Taça mas foi eliminado nos penáltis

O Desportivo das Aves qualificou-se, nesta quarta-feira, para as meias-finais da Taça de Portugal de futebol, ao vencer, em Vila do Conde, o Rio Ave, por 9-8, no recurso à marcação de grandes penalidades, após o empate a quatro golos, ao cabo de 120 minutos.

Os avenses levaram a melhor, após uma recuperação épica, pois aos 89 minutos perdiam por dois golos de diferença. A equipa de Vila do Conde, que chegou ao intervalo a vencer por 1-0 e a dois minutos do fim vencia por 3-1, foi surpreendida nos momentos finais do tempo regulamentar, com o adversário a marcar dois golos e a obrigar a prolongamento.

Os vila-condenses inauguraram o marcador aos 17 minutos, num golo de Marcelo e consentiram o empate a um golo, ao minuto 50, num tento que teve a assinatura de Rodrigo Defendi.

A igualdade não desorientou os vila-condenses que rapidamente voltaram para a frente do marcador, num golo apontado por Tarantini, três minutos depois do golo dos avenses.

Aos 75 minutos, João Novais aumentou a contagem para 3-1 para o Rio Ave, mas, nos últimos dois minutos do tempo regulamentar, o Aves chegou ao empate, com golos de Amilton (89 minutos) e Arango (90+1).

No prolongamento, o Aves adiantou-se no marcador (4-3), por Arango, aos 105 minutos, tendo o Rio Ave chegado ao 4-4, num golo do reforço Gelson Dala, aos 113 minutos.

No desempate, na marcação de penáltis, o Aves venceu por 5-4 e apurou-se. Apenas Bruno Teles falhou o pontapé (permitiu a defesa do guarda-redes Adriano), no quinto, e último, penálti.

Nas meias-finais, o Aves defrontará, a duas mãos, o Caldas, do Campeonato de Portugal, que nesta quarta-feira recebeu e venceu o Farense, por 3-2, após prolongamento.

ver mais vídeos