atletismo

Rui Pedro Silva e Catarina Ribeiro ganharam S. Silvestre do Porto

Rui Pedro Silva e Catarina Ribeiro ganharam S. Silvestre do Porto

Os atletas Rui Pedro Silva, do Benfica, e Catarina Ribeiro, do Sporting, venceram a 19.ª edição da corrida S. Silvestre do Porto, que contou com a presença de cerca de 10 mil participantes.

O atleta benfiquista ganhou pela quarta vez consecutiva, impondo-se nos 10 km de corrida com o tempo de 29.16 minutos, enquanto Catarina Ribeiro, de 22 anos, estreou-se no lugar mais alto do pódio, com 33.40 minutos.

A prova masculina teve um pódio preenchido por atletas do Benfica, pois, a seguir ao vencedor classificaram-se Alberto Paulo, a dois segundos, e Bruno Jesus, a nove. No setor feminino, a vencedora bateu as atletas individuais Inês Monteiro (33.57) e Sara Pinho (34.00).

À semelhança do que aconteceu em 2012, a prova não contou com a presença de atletas estrangeiros, no entanto, e conforme explicou o organizador do evento, Jorge Teixeira, "esta edição bateu recordes de participações".

Rui Pedro Silva disse que "esta foi a vitória mais difícil de conseguir", tendo em conta que vinha da recuperação de uma lesão, que lhe permitiu treinar apenas 15 dias para a prova.

"Foi muito complicado conseguir o primeiro lugar. Tive de aguentar na frente o máximo de tempo possível, porque os meus rivais sabiam que eu não estava bem e que estaria mais vulnerável nos ataques", explicou o atleta. "A partir dos 7 quilómetros tive de cerrar os dentes porque já estava a ficar insuportável aguentar".

Já Catarina Ribeiro é uma estreante no pódio da S. Silvestre do Porto, apesar de já ter participado nos dois últimos anos.

"É sempre bom ganhar provas nas quais estão presentes grandes atletas. Fiz tudo para merecer o primeiro lugar e estou muito satisfeita pelo trabalho que fiz", disse.

A atleta sportinguista explicou ainda que só aos 6 quilómetros conseguiu isolar-se e afastar-se das mais diretas rivais.

"Ao quilómetro 6 ataquei e foi aí que me consegui isolar das atletas que me vinha a perseguir de perto. A partir daí fiz uma prova mais rápida e consegui gerir da melhor forma a vantagem até ao fim", explicou ainda.

ver mais vídeos